segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Projecto sem Impacto - Dia 2.

      Pois é, já estamos no segundo dia do projecto! Hoje o tema era "lixo". Cada vez mais nos dias de hoje fazemos gastos desnecessários que têm uma consequência bastante grave no que diz respeito à marca que deixamos no nosso planeta, isto é, à nossa pegada ecológica. Existem várias maneiras de o evitar contudo essas maneiras nem sempre são o caminho mais fácil e acabamos por as evitar.


Hoje fui à saca que reservei para ver o lixo que tinha feito durante esta semana. Ontem, como cheguei de novo à casa de Vila Real, tive mais lixo: caixa de cereais e de bolachas, plástico onde vinham as maçãs, papel de multibanco (de pagar a renda), saco com o pó do aspirador, saco rasgado não aproveitável e por fim um pacote de açúcar que usei de tarde. Tirando o pó do aspirador, que tinha mesmo que ser limpo!, tudo o resto podia ter sido evitado. Bastava ter feito eu as minhas próprias bolachas, não usar açúcar, não ter pedido talão no multibanco, comprar maçãs numa mercearia e levar o meu próprio saco de pano e arranjar uns cereais com uma embalagem amiga do ambiente. Pensar que estas medidas são mudanças relativamente fáceis faz-me aperceber que, muitas vezes, o lixo que temos em casa só se acumula por culpa do nosso comodismo, é que nem pensamos numa alternativa mais sustentável. 


Para evitar produzir lixo quando tenho que sair de casa, tenho estes quatro utensílios que acabam por ser os meus melhores amigos! O saco reutilizável que comprei há uns anos no pingo doce para usar nas minhas compras, e quando não chega ainda ando com saco de plástico dobrado no caso de ser necessário. Quando vejo que vou sair de casa por um longo período de tempo levo sempre a minha tupperware com gelatina ou fruta (para não ter que andar com bolachas/barritas atrás de mim) e com a minha marmita com comida caso veja que vou fazer alguma refeição fora. No caso da garrafa de água já comprei algumas mas com o chá acabam por se desgastar mais rapidamente e nem sempre gosto ou do tamanho delas (por serem grandes de mais para a mala) ou na forma como se têm que beber (ou por deixarem sair água, etc). Por isso ando à procura de uma garrafa reutilizável pequenina e linda. Alguém conhece? 

Acho engraçado como um gesto tão pequenino como ver o lixo que gasto já teve as suas percussões e já me pôs a pensar em certas coisas que deitei fora ou que ia deitar fora e acabei por não deitar para reutilizar (como um frasco de vidro de salsichas de soja que acabei hoje, e acabei por reutilizá-lo para por as colheres de pau cá de casa!). E vocês, o que pensam do vosso lixo?

ps: todo o lixo (embalagens, vidro, cartão) é devidamente reciclado!

4 comentários:

Sunflower disse...

Mariana,

Eu reutilizo todos os frascos que uso cá em casa, acabo por usá-los para guardar o arroz, as massas, os frutos secos,etc. E também os aproveito para encher de doces, chutneys e compotas que faço e ofereço no Natal e aniversários. :)
Quanto às bolachas, faço a maioria das que consumimos em casa, e também faço o meu próprio muesli. Experimenta, vais ver que vais adorar fazer estas coisinhas, e não te rouba assim tanto tempo. :)
Beijinhos.*

krasiva disse...

Por acaso os frascos acho que é o mais fácil de reutilizar... outro tipo de embalagens é que me irrita profundamente :(

Kate disse...

Porque não utilizas uma thermus linda? :) é um investimento, mas durante por muito tempo!

Wise Up disse...

Colheres de pão? Não sei o que é isso...

Este Natal fiz pela primeira vez bolachas e quero me esforçar por continuar a fazer... adoro bolachas e para mim são um "must", portanto, para dar a volta à questão das embalagens, conservantes, etc., tenho mesmo de as passar a fazer com regularidade!

:)